23/04/2021 09:12

A devoção a São Jorge

Conheceremos neste texto um pouco mais sobre a história de um santo muito popular no Brasil: São Jorge, que apesar de ser realmente popular aqui, não são todos que verdadeiramente conhecem a sua vida de santidade e virtudes heroicas.

Jorge pertenceu a um dos grupos de militares do Imperador romano Diocleciano — que, como relatam os fatos históricos, perseguia os cristãos com ardor. No entanto, após viver uma experiência pessoal com Cristo, o soldado decidiu que não era mais nesse exército que ele queria lutar.

Com a decisão de não viver mais sob os comandos do Imperador, mas na vontade de Deus, Jorge foi perseguido e ameaçado. Fizeram de tudo para que o soldado abandonasse a fé e o amor a Cristo. No fim das contas, São Jorge imitou seu Mestre Divino, e entregou a sua própria vida por amor, morrendo martirizado no ano de 303.

Mas, por que geralmente vemos São Jorge sobre um cavalo branco, com uma lança, vencendo um dragão?

Essa forma de representar o sano surgiu de uma história que diz:

“Num lugar existia um dragão que oprimia um povo. Ora eram dados animais a esse dragão, e ora jovens. E a filha do rei foi sorteada. Nessa hora, apareceu Jorge, cristão, que se compadeceu e foi enfrentar aquele dragão. Fez o sinal da cruz e, ao combater o dragão, venceu-o com uma lança. Recebeu muitos bens como recompensa, o qual distribuiu aos pobres”.

Ficção ou não, sabemos que essa história é muito verídica em sua essência, já que Jorge realmente lutou, até o fim, contra o “dragão do mal” como um verdadeiro soldado de Cristo. Sim, São Jorge foi um homem que viveu o bom combate da fé, se compadeceu pelo povo que sofria e foi um cristão exemplar que conquistou a coroa dos mártires e a glória do Eterno Céu!

Que através da devoção a São Jorge, possamos também nos tornar verdadeiros soldados de Cristo, que enfrentam as batalhas diárias com confiança!  

São Jorge, rogai por nós!