07/04/2020 16:09

ESTAMOS EM QUARENTENA. E AGORA?

Algumas perguntas e respostas para esse tempo de quarentena.

Olá, querido devoto!

Quem está falando com você através dessas linhas é o Pe. Fernando Clemente, pároco do Santuário das Almas e também diretor da Arquiconfraria do Sagrado Coração em Sufrágio das Almas.

 

Como você sabe, estamos em Quarentena. As igrejas em praticamente todo o país, seguindo as orientações das autoridades sanitárias e também dos nossos Bispos, estão de portas fechadas para se evitar criar situações de contágio do novo Coronavírus (COVID-19).

O Santuário das Almas e a Capela de Velas também estão nessa situação.

Portas fechadas, sem missas celebradas com o povo, sem como acender velas. O que fazer? Minha intenção através desse informativo é tentar responder algumas perguntas que estão surgindo nessa situação inesperada que estamos vivendo.

 

“Padre, não está tendo mais missa? E as intenções e nomes de falecidos que mandei? Vão ficar sem oração?”

Bom, vamos esclarecer: SIM, ainda temos missa. Só que missas SEM A PRESENÇA DO POVO, com as portas fechadas. E nessas missas, que os padres do Santuário das Almas estão rezando todos os dias às 18h, rezamos por todas as intenções que você nos manda e também pelos falecidos cujos nomes estão escritos nas paredes da igreja.

 

“Padre, como faço para ver as missas que estão sendo celebradas no Santuário das Almas sem a presença do povo?”

As missas estão sendo celebradas na Capela da casa dos padres todos os dias às 18h00. Você pode acompanhar essas missas pelo Facebook. Procure pela página “Santuário das Almas” (@santuarioalmas) e clique no botão CURTIR para se manter informado da nossa vida paroquial.

 

“E como eu faço para mandar intenções de missa?”

Bom, em primeiro lugar, é bom esclarecer uma coisa: só são faladas na missa as intenções de 7º dia, 1º mês e de 1º ano. Por isso é importante que você coloque junto ao nome do falecido quanto tempo faz que morreu. As demais intenções que chegarem, que não são de 7º dia ou outro aniversário, serão colocadas junto ao altar da missa. Rezaremos por elas também, mas

sem dizer nome por nome, já que são centenas intenções por falecidos que nos chegam todos os dias.

Esclarecido isso, aqui estão as informações acerca de como mandar suas intenções. Você pode manda-las pelos seguintes meios:

 

Por whatsapp: (11) 3228-9988

Pelo Facebook: você pode mandar uma mensagem na página do Santuário das Almas (@santuarioalmas)

Pelo Instagram: você pode acompanhar-nos através do endereço @santuáriodasalmas_sp por ali você também pode mandar suas intenções.

Por email: contato@santuáriodasalmas.com.br

Pelo site: www.santuariodasalmas.com.br/pedidos-de-oracao

Pelos correios, enviando para nosso endereço aos cuidados do Santuário das Almas: Rua Guaporé, 429, Ponte Pequena, São Paulo-SP. CEP: 01109-030

Por telefone: (11) 3228-9988 - somente segunda, quarta e sexta: das 9h às 16h.

 

“Padre, precisa fazer alguma doação pra mandar rezar missa?”

Não é obrigatório. Nunca deixaremos de rezar ou celebrar um sacramento se uma pessoa não tem condições de ajudar, até porque, a graça de Deus não está a venda. A Graça é de graça. Porém, gostaria de fazer um pedido muito, muito especial. Nesses tempos em que a igreja está fechada, não temos tido nenhuma arrecadação. Não temos coleta na missa, não temos doações, não temos venda de velas e de produtos religiosos, etc... porém, continuamos tendo que pagar as contas e queremos honrar com nosso compromisso com nossos funcionários, que são as pessoas que trabalham no atendimento, limpeza, manutenção, segurança, etc. São várias famílias que precisam desse trabalho. Por isso, peço de todo coração: se você tem condições, doe o quanto o seu coração mandar e o quanto você puder, para podermos continuar com essa obra evangelizadora e para podermos pagar com justiça os salários dos que aqui trabalham. Um real dado de bom coração numa situação como essa que estamos vivendo já ajudará a muita gente.

 

“E como posso fazer essa doação?”

Você pode ir no site do Santuário das Almas (www.santuariodasalmas.com.br) e procurar o campo “faça sua doação” e preencher os campos requeridos (pagseguro).

Ou você pode, também, fazer uma transferência para qualquer uma dessas contas:

 

Santuário das Almas

Associação Instituto Missionário

CNPJ: 62.778.170/0016-35

 

Banco Bradesco

Agência: 2363 São Paulo - SP.

Conta Corrente: 13653-0

 

Banco Itaú

Agência: 0355

Conta Corrente: 14.441-1

 

Banco do Brasil

Agência: 1200-9

Conta Corrente: 5.342-2

 

Banco Santander

Agência: 0724

Conta Corrente

8 -13000067

 

“Padre, eu estava fazendo uma novena pelas almas. Estava indo toda segunda feira ao Santuário. E agora? Minha novena não vale mais?”

Continua valendo. Todos os dias temos a missa transmitida na página de facebook do Santuário das Almas às 18h00. Às segundas-feiras, nessa missa, rezamos a novena perpétua pelas almas. Acompanhe-nos pelo facebook e retome sua novena de onde você parou, sem nenhum problema.

 

“Posso ir aí no Santuário só para acender velas?”

Infelizmente, ainda não.

 

“Padre, e se eu quiser entrar em contato com os padres ou com a secretaria do Santuário? Como faço?”

Você pode entrar em contato conosco através dos seguintes meios

Por telefone: (11) 3228-9988 - somente segunda, quarta e sexta: das 9h às 16h.

Por whatsapp: (11) 3228-9988 – a qualquer hora e responderemos assim que possível

Pelo facebook: na página do Santuário das Almas (@santuarioalmas) – a qualquer hora e responderemos assim que possível

Pelo Instagram: @santuáriodasalmas_sp – a qualquer hora e responderemos assim que possível

Por email: contato@santuáriodasalmas.com.br – a qualquer hora e responderemos assim que possível.

 

“E as confissões, unção dos enfermos e os outros sacramentos? Como ficam?”

Tudo o que não for urgente está suspenso por enquanto: casamentos, crisma, etc.

A unção dos enfermos, o batismo e a confissão somente em risco de morte ou de grande urgência. Nesses casos, entre em contato com a Secretaria do Santuário das Almas através de algum dos meios que já mencionamos.

 

“Por que isso, padre?”, ora, para evitar o contágio. O padre ao ir a sua casa para ministrar um sacramento vem da rua e pode levar o vírus para dentro da sua casa. Por isso, chamar o padre somente em situações de emergência.

 

E o que fazer para ser perdoado por Deus nesse tempo em preparação para a Páscoa se não posso me confessar?

Bom, nesse caso, eu repito aquilo que o Papa Francisco disse no dia 20 de março: “Eu sei que muitos de vocês se confessam para a Páscoa a fim de se reconciliar com Deus”, disse o Papa. “Mas muitos me dirão hoje: “Mas, padre, onde posso encontrar um sacerdote, um confessor? Não se pode sair de casa! E eu quero fazer as pazes com o Senhor, quero que Ele me abrace, que o meu Pai me abrace. O que posso fazer se não encontro um sacerdote?” Você faz o que diz o Catecismo”.

“É muito claro: se você não encontra um sacerdote para se confessar”, explicou o Papa, “fale com Deus, ele é seu Pai. Diga-lhe a verdade: “Senhor, eu fiz isso e aquilo. Perdoa-me”. “Peça-lhe perdão de todo o coração, com o Ato de Contrição e prometa-lhe: “Depois, eu vou me confessar, mas perdoa-me agora”. E logo você retornará à graça de Deus. Você mesmo pode se aproximar, como o Catecismo nos ensina, do perdão de Deus sem ter um sacerdote. Pensem nisso: este é o momento! E este é o momento certo, o momento oportuno. Um Ato de Contrição bem feito e a nossa alma se tornará branca como a neve”. Faça isso e, quando acabar a Quarentena, procure um sacerdote e se confesse.

 

“Padre, e até quando o Santuário das Almas vai ficar fechado?”

Bom, essa é uma pergunta para qual ainda não tenho resposta. Só voltaremos a abrir quando o Cardeal Dom Odilo, que é o nosso Arcebispo, nos dizer para fazermos isso. E isso, ele só fará, quando as autoridades sanitárias nos comprovarem que não há mais risco de contágio. Até lá, que nós cuidemos da saúde e rezemos muito, para que essa situação toda se dissipe e em breve possamos voltar à normalidade.

 

Bom, acho que as informações mais importantes estão aí.

Agradeço muito a atenção. Reforço o pedido: não deixem de doar. Muitas famílias dependem dessa ajuda, isso sem falar de missionários em terras distantes.

 

Qualquer dúvida, entre em contato conosco através dos meios que já mencionamos.

Um forte abraço.

Fique com Deus.

 

Com carinho,

Pe. Fernando Clemente, MSC