01/03/2021 08:07

Qual o significado do roxo na Quaresma?

Estamos vivendo o período quaresmal e com ele surgem muitas dúvidas sobre o real significado e as práticas deste tempo. Uma das principais é sobre o uso da cor roxa neste tempo de conversão?

 

Vale lembrar que, para cada tempo litúrgico existe uma cor própria, usada em toda a liturgia, inclusive nos paramentos.

 

Oficialmente, são seis cores reconhecidas pela igreja como cores litúrgicas: verde, vermelho, branco, roxo, rosa e preto. Cada uma dessas cores é utilizada em tempos específicos.

No Natal e na Páscoa, por exemplo, usamos o branco, que significa a presença de Deus em nossas vidas; no Pentecostes os paramentos litúrgicos são da cor vermelha, para simbolizar o Espírito Santo que desceu sobre os apóstolos.  

 

Assim como o Natal, a Páscoa e o Pentecostes, na Quaresma nós temos a cor roxa que, psicologicamente está associada à reestruturação, à reorganização de nosso ser, a fim de renunciarmos o homem velho e, na Páscoa, ressurgir como um homem novo. 

 

A cor roxa, usada na Quaresma, no Advento e nas missas de corpo presente, indica para nós um tempo de reflexão, penitência, conversão e simboliza às três obras quaresmais que são indicadas a todos os cristãos como prática nesse período: a oração, a penitência e a caridade.  

 

Em todo o período Quaresmal a cor roxa aparece na liturgia para assim, expressar o caráter de penitência e de introspecção. É importante ressaltar que, apenas no quarto domingo da quaresma o padre usa o rosa para nos recordar que a temporada de preparação está chegando ao fim e que a Páscoa se aproxima.

 

Peçamos a Deus a coragem e o discernimento para vivermos uma Santa Quaresma!