03/12/2020 08:54

São Francisco Xavier, o santo que doou sua vida em missão

A Igreja possui uma essência missionária, pois é esta a ordem dada pelo seu fundador:

"Mas Jesus, aproximando-se, lhes disse: ‘Toda autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, pois, e ensinai a todas as nações; batizai-as em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ensinai-as a observar tudo o que vos prescrevi. Eis que estou convosco todos os dias, até o fim do mundo’." (Mateus 28, 18-20)

São Francisco Xavier – cuja memória litúrgica celebramos dia 3 de dezembro – assumiu esse chamado com magnanimidade.

De um jovem vaidoso e ambicioso, que buscava as glórias para si, São Francisco tornou-se o “São Paulo do Oriente”. Essa transformação teve grande influência de outro santo, Santo Inácio de Loyola, amigo de Francisco, que sempre dizia ao seu amigo: “Francisco, que adianta o homem ganhar o mundo inteiro se perder a sua alma?” Graças a essa grande conversão, São Francisco Xavier tornou-se então cofundador da Companhia de Jesus, os jesuítas, fundada por Santo Inácio.

Já como padre, muito empenhado na busca da santidade, Francisco foi designado por Inácio a ir em Missão para o Oriente. Lá o santo realizou um exímio trabalho de evangelização, desde a China até o Japão!

Conta-se que São Francisco Xavier teria batizado mais de 700 mil pessoas!

Esse grande santo missionário veio a falecer por causa de uma forte febre e cansaço, sinais de um corpo e uma alma totalmente doados para a construção do Reino de Deus.  Suas últimas palavras foram de um cântico de glória:

In te, Domine, speravi. Non confundar in aeternum. Em Vós espero, Senhor. Não me abandoneis para sempre!”

Assim, com 46 anos Francisco conquistou ao Céu e a eternidade junto de Jesus, e com certeza, mais tarde levou consigo uma caravana de almas por ele evangelizadas!

Hoje o veneramos como santo e Patrono Universal das Missões junto a Santa Carmelita Teresinha do Menino Jesus.

Que possamos ter esse profundo zelo apostólico. São Francisco Xavier, rogai por nós!