09/01/2022 09:00

Batismo do Senhor: “Quando todo o povo ia ser batizado, também Jesus o foi”

Hoje celebramos a Solenidade que fecha o ciclo litúrgico do Natal: a Festa do Batismo do Senhor! Neste dia tão importante somos chamados a contemplar o momento em que Jesus, o Salvador que nasceu sem pecado algum, foi batizado por João Batista, Seu primo e profeta.

 

Inicialmente, é necessário que saibamos a diferença entre o batismo que recebemos como Sacramento no dia de hoje e aquele feito por João no Rio Jordão. O batismo feito pelo profeta no povo era um sinal de conversão, e arrependimento e preparação para a vinda do tão esperado Messias. Enquanto o Sacramento que testemunhamos hoje é aquele da Nova Aliança, instituído por Jesus.

 

Cristo nos precede, então, no batismo, nos dando o exemplo. Mesmo que sem pecado, Ele se coloca na fila daqueles que buscam ser batizados, e junto com pecadores, entra nas águas do Jordão. Não para ser santificado pelas águas, mas para santificá-las.

 

Testemunhamos a verdadeira humildade de Jesus, que assume sua humanidade, e, sendo Filho de Deus, faz este gesto de solidariedade para conosco. Ao contemplarmos a caridade divina neste contexto, somos inundados por ela. Vemos concretamente o Amor de Deus e nos tornamos amorosos e caridosos pela Sua ação.

 

No momento do Batismo de Jesus, testemunhamos, ainda, a manifestação da Trindade Santa em sua totalidade. É revelada à humanidade a missão de Jesus, foi Ele o enviado por Deus para redenção de todos nós.

 

Que possamos, então, reconhecer o Batismo do nosso Salvador como um ato de amor, enxergar o Amor de Deus que nos libertou e redimiu do pecado por meio de Seu Filho. Busquemos, ainda, louvar e agradecer a Deus por nos chamar à conversão e ao batismo, tendo Jesus como exemplo.