07/11/2021 09:00

Dia de Todos os Santos: o que significa ser Santo?

No primeiro domingo de novembro somos convidados a celebrar juntos a Solenidade de Todos os Santos! Nesse dia, nós contemplamos todos aqueles que viveram uma vida de santidade e por isso, hoje, se encontram diante do Pai.

 

A comemoração dessa Festa remonta ao século IV, na época, era celebrada uma festa por todos os mártires em Antioquia. Depois, ela foi introduzida em Roma e hoje é a Solenidade que conhecemos como a Solenidade de Todos os Santos.

 

É o dia no qual nos recordamos de todos os santos da Igreja Católica, da multidão de vestes brancas que se mantém diante do Cordeiro, descrita por São João no livro do Apocalipse. Nele, nós, Igreja Militante (na Terra) honramos a Igreja  Triunfante (no Céu).

 

Nos lembramos também do nosso chamado à santidade! Quando escolhemos amar a Deus, nos tornar católicos, somos também convidados a viver uma vida santa em todos os sentidos, convidados a viver a plenitude de nossa fé.

 

Mas o que significa ser santo? O que significa viver a santidade? Ser santo é viver, assim como aqueles que celebramos hoje, uma vida totalmente rendida ao Senhor. É, antes de tudo, amar a Deus verdadeiramente e buscar, por meio do auxílio do Espírito Santo, viver as virtudes e os valores que o próprio Jesus nos ensinou.

 

Os santos são aqueles que, ainda que humanos e pecadores, buscaram incessantemente unir seus corações e seus planos aos de Deus. Eles serviram ao Senhor e encontraram a salvação. Do Paraíso, intercedem por nós com carinho ao Pai, por estarem unido à Ele de forma ainda mais íntima.

 

Olhemos, então, para essas diversas pessoas que hoje vivem na graça e nos inspiremos neles. Nos deparemos com os pais e mães, jovens, religiosos, sacerdotes, pobres e adolescentes que mesmo vivendo vidas tão diferentes sempre seguiram a Cristo!


Que nesse Dia de Todos os Santos, possamos, com amor, recorrer à intercessão deles!