20/07/2021 09:00

Dia Internacional da Amizade: “A amizade cuja fonte é Deus não se esgota jamais.” - Santa Catarina de Sena

Ao tratar sobre a Amizade, a Palavra de Deus nos traz uma definição essencial: ter um amigo fiel é comparado a ter encontrado um tesouro! Por isso, neste mês em que celebramos o Dia Internacional da Amizade, no dia 20, precisamos reconhecer a importância das nossas amizades verdadeiras e demonstrar a elas a nossa gratidão.

 

Em nossas vidas, acabamos tendo diversas amizades, mas é crucial que reconheçamos aquelas que são verdadeiras, que nos aproximam de Deus e que nos edificam. "Dá-te bem com muitos, mas escolhe para conselheiro um entre mil." (Eclesiástico, 6). Os amigos genuínos são poucos, e devem ser mantidos por perto.

 

As amizades que tem Deus como fundação se tornam sólidas, e sobrevivem às diversas provações da vida. "Se adquirires um amigo, adquire-o na provação, não confies nele tão depressa." (Eclesiástico, 6).  São amizades pelas quais vale a pena lutar, sempre fazendo questão de manter um canal de comunicação.

 

A base de uma amizade saudável é o amor! Através dele, desenvolvemos aspectos que são tão importantes para que ela dure — a confiança e a honestidade, por exemplo. Com o amor e através do Espírito Santo é que podemos exortar, e sermos exortados, com paciência e carinho, é assim também que podemos motivar e incentivar aqueles que amamos a buscar seus sonhos e viver de forma santa. 

 

É por meio do amor que permanecemos ao lado de um amigo em situações difíceis. Essa escolha de amar e lutar pelas nossas amizades deve ser sempre movida pelo Espírito.

 

Assim como Jesus amou e demonstrou amor pelos seus amigos, e nos pediu para amarmo-nos uns aos outros, devemos expressar o nosso amor e carinho àqueles que o Senhor colocou em nossas vidas, com atos de amor e caridade. Com empatia e humildade, tratando-os como iguais. Como diz Santa Teresa D’Ávila, “A amizade com Deus e a amizade com os outros é uma mesma coisa, não podemos separar uma da outra”.