02/03/2022 09:00

Quarta-feira de Cinzas: O que celebramos?

Neste começo de março, iniciamos a quaresma e contemplamos a Quarta-feira de Cinzas, que é celebrada no dia 2. Ela marca o início da quaresma e a espera pela Ressurreição de Cristo: a Páscoa! 

 

Porém, além de marcar o início do tempo quaresmal, qual o significado litúrgico da celebração e da imposição das cinzas sobre nossas cabeças? 

 

“Lembra-te que és pó e ao pó voltarás” (Gn 3,19) 

 

A celebração nos lembra e nos reafirma que somos pó e voltaremos à nossa essência, através da imposição das cinzas sobre nós. É o dia de compreender que a vida é um presente de Deus, que nada somos e, apenas pela misericórdia divina, somos possibilitadas de viver. 

 

Neste dia, somos chamados a reconhecer nossa essência humana e pequena, que precisa da misericórdia do Pai para nos guiar pelos caminhos certos. É a penitência de nossos pecados e lembrança de nossa pequenez. 

 

 “Convertei-vos e crede no Evangelho (cf Mc 1, 15)

 

É convite também para uma nova conversão, e uma mudança de vida para a vivência da quaresma e da páscoa. Como recomeço, Deus transforma em cinzas a velha pessoa que costumávamos ser, para que na quaresma, sejamos novas criaturas, que vivem na busca da santidade e na luta contra o pecado. 

 

É importante lembrar que a imposição das cinzas é sinal de arrependimento e convite à vida nova, mas não perdoa nossos pecados. Esse perdão é concedido através do sacramento da Confissão, e apenas por ele. A celebração faz com que o desejo de reconciliação.

 

Que possamos viver esse momento em comunidade, entendendo a importância da conversão diária e da renúncia a todos os nossos pecados. Boa quaresma a todos!