11/12/2020 10:19

Santa Luzia

No dia 13 de dezembro celebramos o dia de uma santa muito especial e que ganhou o coração do povo brasileiro: Santa Luzia!

Seu nome deriva do latim e significa: Portadora da luz. De fato, Santa Luzia soube viver e morrer irradiando a luz do próprio Deus.

Luzia nasceu em Siracusa, na Itália, no fim do século III. Sua família possuía um ótimo estado de vida, além de ser muito piedosa, o que lhe garantiu uma profunda formação cristã. Seu amor a Jesus era tanto, que Santa Luzia decidiu fazer um voto de virgindade perpétua. No entanto, com a morte de seu pai, sua mãe queria que a filha casasse com um jovem de distinta família.

A jovem, porém, pediu um tempo de discernimento. Inspirada por Deus, ela convidou a sua mãe, que estava enferma, para visitar o túmulo da mártir Santa Águeda, ela propôs que, a cura de sua enfermidade seria a confirmação do “não” para o casamento. E milagrosamente, assim aconteceu, sem mais contestações.

O jovem que a queria por esposa era pagão, e não se contentou com a resposta negativa da santa. Dessa forma, ele a denunciou, e santa Luzia teve de enfrentar as autoridades perseguidoras.

Firme como uma rocha presa à Santa Cruz, Luzia não hesitou, mas permaneceu fiel. Não houve força humana que a pudesse arrastar, fazê-la adorar os deuses ou negar seu voto santo. Nem várias juntas de bois foram capazes de a levar, essa cena serviu de inspiração na hora de representar a imagem de Santa Luzia, que muitas vezes aparece com os sobreditos bois.

Porém, o fato que mais caracteriza a santa, e que a tornou Protetora dos olhos, foi a miraculosa restituição dos seus olhos, que foram arrancados durante seu martírio.

Santa Luzia derramou seu sangue por amor a Cristo no ano de 303, perdeu a cabeça decapitada, mas ganhou a eternidade junto de Deus. Suas últimas palavras foram: “Adoro a um só Deus verdadeiro, e a Ele prometi amor e fidelidade”.

Santa Luzia, rogai por nós!